sexta-feira, 30 de janeiro de 2015






Quando estava morta em transgressão recebi vida, recebi teu amor que é melhor que a vida. Fui tocada e transformada pelo sentimento sublime, amor genuíno que dura para sempre. Fui atraída pelo teu amor leal, amor derramado e manifestado por mim quando ainda era inimiga e pecadora. Tua luz elucida iluminou minha vida, meus olhos estão brilhando a verdadeira luz. Eu te amo porque Tu me amou primeiro, de forma indescritível, e as razões são muitas para te amar. Como é precioso o teu amor, ó Deus! Te amo de todo o meu coração que é teu, com toda a minha força que é tua e de todo o meu entendimento que vem de ti.

                                                             Ana Gonçalves